Policiais Militares usam cadarços para estancar hemorragia e salvar vida de idoso que tentou suicídio, em Ariquemes

A louvável atitude de três policiais militares resultou no salvamento da vida de um homem, neste sábado, na Avenida Guarapari, Bairro Jardim Vitória, em Ariquemes. O homem havia tentado suicídio cortando os pulsos e foi encontrado quase sem vida.




A guarnição da polícia militar composta pelo Cabo Eder, Soldado Moraes e Soldado S. Souza foi acionada para comparecer ao endereço acima citado, onde segundo solicitação, havia um homem tentando cometer suicídio. Os policiais Soldado Nunes e Soldado Campos, membros de outra guarnição, deram apoio ao atendimento da ocorrência.




Chegando ao local, os policiais encontraram uma mulher ensangüentada, porém, o sangue era de seu pai, o qual ela relatou que havia cometido suicídio. Os militares então entraram na casa e encontraram a vítima com cortes nos braços. Uma equipe do Samu foi acionada, porém, os policiais perceberam que a demora poderia custar a vida da vítima. Os soldados Nunes e Moraes tiveram a ideia de fazer um torniquete para estancar o sangramento. O soldado S. Souza prontamente retirou os cadarços de seu coturno e os usou para fazer os torniquetes nos braços do ferido.




Como a equipe médica ainda não havia chegado, os policiais colocaram a vítima na viatura e se deslocaram para o hospital. No trajeto, encontraram uma equipe do Samu, que contava com o médico Brasil, que prontamente assumiu a situação. Após o paciente ser medicado no hospital, o médico plantonista informou que o estado de saúde dele é estável e manobra de salvamento realizada pelos policiais foi determinante para salvar a sua vida.

A ex esposa da vítima informou que ultimamente o homem andava muito deprimido.

Afinal, o que é um torniquete?




Torniquete também é chamado em algumas regiões por garrote, é apenas uma tira de pano ou outro material que sirva para amarrar alguma parte do corpo, tentando assim controlar alguma hemorragia

Fonte: Julio Malta – NewsRondônia (DRT 1709/RO)