Pastor é atacado por homem com faca durante culto transmitido ao vivo no Facebook

A transmissão ao vivo de um culto no Facebook mostrou o momento em que um pastor quase foi esfaqueado por um homem na igreja “O Brasil Para Cristo”, na área central de Tatuí (SP). Segundo a polícia, o caso aconteceu no domingo (5) e o rapaz, de 26 anos, foi detido (assista ao vídeo acima).




A imagem trava algumas vezes por conta da transmissão, feita pela página da igreja no Facebook. No vídeo é possível ver o momento em que o homem sobe a escada lateral do púlpito e puxa uma faca da cintura. Com os gritos dos fiéis, o pastor se vira a tempo de ver o homem investindo contra ele com a faca em mãos.

Ele, então, se esquiva e começa a andar para trás, enquanto repete várias vezes: “O sangue de Jesus tem poder”. Vários homens sobem no palco e um deles agarra o agressor pela cintura e o derruba no chão.

Homem com faca quase esfaqueia pastor em igreja de Tatuí (SP) (Foto: Reprodução/Facebook)

Homem com faca quase esfaqueia pastor em igreja de Tatuí (SP) (Foto: Reprodução/Facebook)




Após o agressor ser contido, o pastor ri e diz: “Tá na mão, tá na mão. Aleluia. Glória a Deus”, enquanto o homem é retirado da igreja.

Alguns internautas deixaram comentários sobre o incidente no vídeo. “Deus é fiel e livra os teus servos do mal. Deus no controle”, escreveu um. “Esse culto ficou marcado, mas a glória de Deus prevaleceu”, disse outro.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada e o rapaz foi levado para a delegacia. Ele alegou que estava no culto e que não gostou do louvor. Ressaltou, porém, que não tem nada contra o pastor e que frequenta a igreja há 10 anos.

Um termo circunstanciado de lesão corporal tentada foi assinado, e o jovem foi liberado em seguida. O caso será investigado pela Polícia Civil.

homens sobem no palco e um deles agarra o agressor na igreja (Foto: Reprodução/Facebook)

homens sobem no palco e um deles agarra o agressor na igreja (Foto: Reprodução/Facebook)

Perdão

“Eu perdoei ele do fundo do coração. Eu não tenho nenhum sentimento de raiva, nada. Eu entendo que foi algo para tentar me atingir e que ele foi usado pelo ‘inimigo’. Tanto que no dia eu quis saber o motivo dele ter feito aquilo. Ele falou sobre a música que não tinha gostado, que queria testar Deus. Falou também que foi algo de momento e que não queria fazer aquilo. Ele, inclusive, falou que estava arrependido que não tinha nada contra mim”, disse o Pastor.




Gétero afirma que o jovem, que costumava ir à igreja com sua mãe há 10 anos, não foi mais aos cultos. Porém, como ele mora próximo, já encontrou com o pastor várias vezes. “Após o ocorrido, já encontrei com ele várias vezes, porque ele mora praticamente nos fundos da igreja. Ele não consegue me cumprimentar olhando nos meus olhos. Sempre quando eu o vejo, ele abaixa a cabeça e fica sem graça”, diz.

Ainda segundo o pastor, o caso serviu para que ele ficasse mais atento.

“Foi a primeira vez que aconteceu isso de alguém tentar me esfaquear. Ainda bem que ele não tentou fazer de novo. Mas, assim como aquele jovem entrou com uma faca, alguém pode entrar com um revólver. Então, agora os membros que são diáconos estão mais atentos para evitar que algum estranho suba no púlpito. Tanto que tem um diácono que está ficando na lateral”, ressalta.

Transmissão ao vivo

A transmissão ao vivo do culto no Facebook registrou o momento em que o pastor quase foi esfaqueado.

Homem tenta esfaquear pastor durante culto transmitido ao vivo no Facebook

Homem tenta esfaquear pastor durante culto transmitido ao vivo no Facebook

Nas imagens (veja vídeo acima) é possível ver o momento em que o jovem sobe a escada lateral do púlpito e puxa uma faca da cintura. Com os gritos dos fiéis, o pastor se vira a tempo de ver o homem investindo contra ele com a faca em mãos.




Ele se esquiva e começa a andar para trás, enquanto repete várias vezes: “O sangue de Jesus tem poder”. Vários homens sobem no palco e um deles agarra o agressor pela cintura e o derruba no chão.

Alguns internautas deixaram comentários sobre o incidente no vídeo. “Deus é fiel e livra os teus servos do mal. Deus no controle”, escreveu um. “Esse culto ficou marcado, mas a glória de Deus prevaleceu”, disse outro.

‘Quis testar se Deus é Deus’

Gétero afirma que pensou que o jovem estava indo em sua direção armado de revólver.

“Na hora que ouvi a gritaria e virei, vi ele puxando algo da cintura. Eu pensei que fosse um revólver e fiquei com medo de morrer, sim. Foi então que os diáconos correram e eu comecei a clamar pelo sangue de Jesus. Aí o homem foi amolecendo e o braço dele foi caindo, até que conseguiram detê-lo”, relata.

Homens sobem no palco e um deles agarra o agressor na igreja (Foto: Reprodução/Facebook)

Homens sobem no palco e um deles agarra o agressor na igreja (Foto: Reprodução/Facebook)

Na época, o pastor disse que o jovem alegou que ficou irritado ao ouvir uma música na igreja e que, por isso, resolveu atacá-lo para “testar se Deus era Deus”.

“Depois que os membros da igreja conseguiram detê-lo e a polícia o levou para a delegacia, ele disse que ouviu o louvor que canta que ‘se Deus fizer é Deus e se não fizer, continua sendo Deus’ e ficou irritado porque a mãe dele continua cega. Então, ele alegou que resolveu me esfaquear para ver se Deus era Deus mesmo e quis testar. A ação dele assustou todo mundo. Foi só gritaria. Pânico total”, afirmou Gétero. Ainda segundo Gétero, o culto continuou normalmente. Uma equipe policial foi acionada e o caso foi registrado na delegacia.




Por Paola Patriarca, G1 Itapetininga e Região