Noiva, irmão e fotógrafa que cairam de helicóptero, eram da Congregação Cristã no Brasil

Em São Lourenço da Serra, na tarde de domingo(04), um helicóptero  caiu, matando uma noiva a caminho do casamento, juntamente de seu irmão, a fotógrafa do evento, que estava grávida de seis meses, e o piloto.

Segundo organizadores do buffet da festa, o noivo já aguardava a chegada da noiva no altar quando soube que a noiva estava no helicóptero que veio a cair. A chegada de helicóptero era uma surpresa que a noiva havia preparado para o casamento.

Ao tomar conhecimento do acidente, Carlos Eduardo Batista, um dos organizadores da festa, conversou com o dirigente da igreja, tendo em vista que, a noiva, o irmão e a fotógrafa eram membros da Congregação Cristã no Brasil, e ambos comunicaram ao noivo, que ficou em estado de choque com a notícia.




Depois dele, todos os convidados, aproximadamente 300 pessoas, foram informados da tragédia. Com o choque, ninguém sabia exatamente como devia-se proceder: alguns permaneceram no local juntamente da família, outros começaram a ir embora para deixar a família mais à vontade para lidar com a informação e com os trâmites funerários.

RTEmagicC_noivaheli.jpg

Foto: Divulgação na Internet

 O casamento estava marcado para as 16h, mesmo horário aproximado em que o acidente aconteceu. Os noivos moravam em Taboão da Serra,SP, e tinham, aproximadamente, 30 anos de idade. Todas as vítimas morreram no local do acidente.

A queda da aeronave ocorreu na Estrada da Barrinha e cerca de oito carros do Corpo de Bombeiros ao local. O helicóptero caiu em uma região de mata fechada, próxima à Rodovia Régis Bittencourt. As causas do acidente serão investidas pelas autoridades competentes. Instantes depois do acidente, foram constatados neblina e chuva de moderada a intensa na região.

FONTE: Obr Notícias / Com informações do CCB Mensagens e CCb Graça Maravilhosa

Publicado em 05 de Dezembro de 2016 09h:41

Foto do Destaque: Arquivo Pessoal do Casal