Misturar maconha e tabaco aumenta risco de dependência, diz estudo

jamaica maconha (Foto: TV Globo)

Misturar maconha com tabaco pode aumentar risco de dependência (Foto: TV Globo)

Consumir maconha misturada com tabaco pode aumentar o risco de dependência às duas drogas, segundo um estudo publicado nesta terça-feira (5) na revista médica “Frontiers in Psychiatry”.

Segundo dados de um levantamento que ouviu 33.687 usuários de maconha, a Pesquisa Global de Drogas de 2014, pessoas que consomem maconha sem tabaco, principalmente usando vaporizadores ou cachimbos, têm 61,5% mais chance de procurar ajuda profissional para diminuir o uso de maconha e 80,6% mais chance de procurar ajuda para usar menos tabaco em comparação aos que fumam cigarro de maconha misturada com tabaco.

O levantamento envolveu entrevistas online com usuários de maconha de 18 países da Europa, Ásia, América do Norte e América do Sul, incluindo o Brasil, além da Austrália.

“Nossos resultados destacam a importância das rotas de administração ao considerar os efeitos à saúde da maconha e mostram que a coadministração de tabaco e maconha está associada com um declínio na motivação de cessar o uso do tabaco e buscar ajuda para cessar o uso do tabaco e da maconha”, diz o psiquiatra Michael T. Lynskey, professor do King’s College London e um dos autores do estudo.

Ele sugere que o estudo seja levado em conta para o desenvolvimento de políticas que limitem o acesso a formas de consumo de maconha que envolvam mistura com tabaco em países que estão legalizando o uso da droga.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 1 bilhão de pessoas usam tabaco no mundo, e 182 milhões de pessoas usam maconha.

O estudo sobre o impacto da mistura do tabaco e da maconha no nível de dependência foi conduzido por pesquisadores da Universidade College London, King’s College London, Universidade de Queensland e do Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra (NHS).

Do Bem Estar/TV Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *