Marinha da Argentina descarta últimas 3 detecções e segue busca por submarino

A Marinha da Argentina descartou nesta quinta-feira (14) que os últimos três sinais detectados no fundo do Atlântico, a 1.200, 1.000 e 900 metros de profundidade, sejam do submarino ARA San Juan, que está há 29 dias desaparecido com 44 pessoas a bordo, e confirmou que continuam as buscas pelo aparelho.




Segundo um comunicado oficial, a embarcação americana Atlantis, que leva o Veículo Operado Remotamente (ROV), realizou as inspeções nos últimos três pontos onde foram detectados sinais e nenhum deles correspondem ao submarino.

Além do Atlantis, outros três navios estão na área de operações: o destróier La Argentina, Puerto Argentino e o britânico Protector.

O barco Islas Malvinas zarpará nesta quinta para a área de operações e está prevista a sua chegada em 48 horas.

Em sua mensagem mais recente no Twitter, a Marinha argentina afirmou que a busca pelo equipamento continua.

View image on Twitter

View image on Twitter