Lobo-guará ‘invade’ pista de pouso do aeroporto de Brasília

Lobo-guará na área do Aeroporto de Brasília na madrugada desta segunda-feira (12) (Foto: TV Globo/Reprodução)

Lobo-guará na área do Aeroporto de Brasília na madrugada desta segunda-feira (12) (Foto: TV Globo/Reprodução)

Um lobo-guará entrou na pista de pouso do Aeroporto de Brasília na madrugada desta segunda-feira (12). O animal foi visto às 2h por um funcionário seguindo em direção ao hangar da Polícia Federal. Depois, ele foi para a pista do aeroporto. A Inframerica, consórcio que administra o terminal, informou que uma equipe apurava para onde foi o bicho.

O mecânico de aviões Antônio Figueiredo fez uma foto do bicho. “Pensei que era um cachorro, aí me aproximei e vi que era um baita de um guará”, disse ao G1. “Acho que ele passou pela cerca. Como é um bicho meio arisco, chamei a equipe do aeroporto e esperei até chegarem. Só não sei se pegaram ou apenas espantaram.”

A “invasão” da pista pelo animal não causou problemas para o tráfego, apesar de ter ocorrido uma decolagem às 2h25 de um avião para o Panamá.

O lobo-guará é uma espécie característica do cerrado, que se alimenta de carne e frutas. Quando adulto, o animal atinge até 1,15 m de comprimento. Em cativeiro, animais do tipo vivem em média entre 12 e 15 anos.

De volta à mata
Na última sexta-feira (9), o Zoológico de Brasília e o Ibama devolveram à natureza uma loba-guará, quatro cobras (duas cascavéis, uma jiboia e uma cobra-cipó com nove ovos), um ouriço-cacheiro, um tamanduá-mirim e um saruê (gambá). Os animais eram tratados por técnicos do Ibama e foram soltos em uma área de cerrado em uma propriedade privada em Goiás.

Na hora de ser reintroduzida a seu habitat, a loba-guará não queria deixar a caixa em que havia sido transportada. O animal passou cerca de 40 minutos observando a mata até tomar coragem e desaparecer entre as árvores.

Gabriel Luiz

Do G1 DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *