Jovem é encontrada morta com golpes de faca, diz polícia, no PR

Aline Campestrini tinha 25 anos e foi encontrada morta em uma residência de Colombo (Foto: Reprodução/Facebook)

Aline Campestrini tinha 25 anos e foi encontrada morta em uma residência de Colombo (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma jovem 25 anos foi encontrada morta na madrugada de sábado (9) bairro Jardim Osasco, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O delegado da Polícia Civil Erineu Portes disse ao G1 que a vítima foi morta com golpes de faca e que o corpo foi encontrado em uma residência de um cobrador de ônibus, que abrigava moradores de rua.

Aline Campestrini trabalhava em um salão de beleza da capital e fazia trabalhos como modelo. “A informação inicial é de que a moça ia até o local para beber e fazer uso de drogas”, explicou o delegado.

O delegado declarou ainda que a vítima discutiu com uma mulher que estava na casa horas antes do crime. Ela e outros dois moradores de rua que também estavam no local são considerados suspeitos e estão sendo procurados pela Polícia Civil. O cobrador de ônibus já prestou depoimento e foi liberado pela polícia.

Portes disse também que os investigadores chegaram a levantar a hipótese de suicídio, mas que isso já foi descartado. “Os familiares nos disseram que ela tinha um comportamento excessivo e que não tinha um bom relacionamento com vizinhos e moradores da região, principalmente com mulheres”, acrescentou Portes.

Aline Campestrini também era passista da escola de samba Mocidade Azul,  tricampeã do carnaval de Curitiba. “Ficamos surpresos com a notícia e lamentamos essa tragédia”, disse Jorge Moraes, diretor da escola.

Caso ocorreu em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba  (Foto: Reprodução/Facebook)
Jovem trabalhava em um salão de beleza e também atuava como modelo (Foto: Reprodução/Facebook)

Do Portal G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *