Irmãos se reencontram após 30 anos separados, em RO

Irmãs se emocionaram durante reencontro em Jaru (Foto: Franciele do Vale/G1)

Irmãos se emocionaram durante reencontro em Jaru (Foto: Franciele do Vale/G1)

Dois irmãos que estavam separados há 30 anos se reencontraram no último sábado (25) em Jaru (RO), no Vale do Jamari. Susi Moreira da Silva, de 64 anos, viveu durante as três décadas em Porto Velho e Izaque Amancio da Silva, de 62 anos, em Jaru. O reencontro ocorreu depois de um vídeo enviado ao quadro ‘Desaparecidos’ do telejornal Rondônia TV.

Eles moravam no estado, quando Susi foi viver em Porto Velho, onde teve os sete filhos. Seu Izaque foi para o Espírito Santo (ES) para trabalhar e retornou para Rondônia seis anos depois, mas a irmã não residia mais no mesmo endereço. Ele conta que procurou por ela na capital do estado por duas semanas, mas sem sucesso decidiu ir morar em Jaru, onde vive atualmente e criou os cinco filhos.

O reencontro emocionante foi possível depois que um dos filhos de Susi entrou em contato com o setor de jornalismo da Rede Amazônica Rondônia, no início do mês de junho deste ano. Ele gravou um vídeo para o quadro ‘Desaparecidos’ do Rondônia TV a procura do tio. Uma vizinha de Izaque assistia ao telejornal no dia em que o vídeo foi ao ar e o avisou. Uma das filhas dele entrou em contato com o primo e começaram a planejar o reencontro dos pais.

Os irmãos Suzi e Izaque com o filho de dona Susi que gravou o vídeo para o Rondônia TV (Foto: Franciele do Vale )
Os irmãos Suzi e Izaque com o filho de dona Susi que gravou o vídeo para o Rondônia TV (Foto: Franciele do Vale )

“Minha mãe reclamava que desde 1986 não via o único irmão. Como eu sempre assisto o jornal e vi que tinha esse espaço para reencontrar pessoas, tive a ideia de gravar o vídeo para tentar localizar meu tio. Passado alguns dias, minha prima entrou em contato e foi uma felicidade imensa para todos nós”, conta Valder Moreira Mendonça, de 35 anos, que gravou e enviou o vídeo.

Sempre pedia a Deus para que todas as graças dadas a mim, serem dadas a ele também”.
Suzi

Susi conta que nesses 30 anos nunca deixou de pensar no único irmão e jamais perdeu a esperança de reencontrá-lo. “Sempre pedia a Deus para que todas as graças dadas a mim, serem dadas a ele também. Meu coração vivia apertado sem ter notícias e cheguei a pensar que ele havia morrido. Nunca perdi as esperanças e, hoje, minha felicidade está completa”, disse emocionada.

Seu Izaque também não esconde a alegria em rever a irmã. “Ela ganhou mais cinco sobrinhos e eu ganhei mais sete. A família aumentou, espero a partir de agora sempre manter contato, porque a família é algo mais importante da vida do ser humano. Ela é um pedaço de mim, e eu sou um pedaço dela”, disse.

Irmãos tiveram finalmente a família reunida no último sábado (25) (Foto: Franciele do Vale/G1)
Irmãos tiveram finalmente a família reunida no último sábado (25) (Foto: Franciele do Vale/G1)
Franciele do Vale
Do G1 em Ariquemes e Vale do Jamari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *