Grupo Teatral “O Imaginário” apresenta em Ariquemes, “As mulheres do Aluá”

Ariquemes receberá nesta quarta-feira(07), no Centro Cultural Lídio Sohn, “As Mulheres do Aluá”. A peça do grupo teatral O Imaginário está correndo o Brasil através do Projeto do Sesc Palco Giratório e chega a Ariquemes através do Projeto Cultural Pelas Trilhas de Rondon, patrocinado pelo Banco da Amazônia. O grupo está em uma turnê pelo estado, onde está passando por sete cidades, entre elas, Ariquemes foi beneficiada com a apresentação.

A peça narra histórias pesquisadas pela escritora e poeta Nilza Menezes, que aconteceu no tempo das diversas tentativas da construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, em Porto Velho, capital do estado. Durante todo o dia de terça-feira(06), o grupo fez apresentações pelas escolas do município, e a noite o produtor Chicão Santos reuniu artistas e gestores culturais para uma palestra sobre Produção e Gestão de Projetos Culturais. Na quarta durante o dia, o grupo continua com apresentações pelas escolas.

Sinopse

Mulheres de diferentes épocas que foram condenadas, num período em que o pensamento-homem é que determinava a condição de cada uma delas. Com histórias marcadas pelas violências e pelas dificuldades enfrentadas em um ambiente hostil e opressor do passado na Amazônia. Uma investigação cênica que coloca em foco a relação de gênero e o universo feminino. Quem são essas mulheres?




Grupo O Imaginário

Fundado com o objetivo de pesquisar e investigar as diversas linguagens artísticas, este grupo é dirigido pelo ator e diretor Chicão Santos, que trouxe para o panorama amazônico um jeito inovador e transgressor de pensar o fazer teatral. Em seus trabalhos sempre busca discutir a relação do público, do teatro e da cidade. Já no seu espaço, o Tapiri, investe na qualificação artística e nas trocas em busca de uma biopolítica para a Amazônia.

Ficha Técnica

Elenco: Agrael de Jesus, Amanara Brandão, Flávia Diniz e Zaine Diniz.

Dramaturgia: Euler Lopes Teles

Pesquisa: Chicão Santos e Nilza Menezes

Concepção de figurino: Zaine Diniz

Concepção cenográfica e luz: Chicão Santos

Execução de cenário: Ismael Barreto

Operação de luz: Edmar Leite

Operação de som: Chicão Santos

Preparação das bebidas (Aluá e Chicha): sacerdotisa Yakolecy e

Arlete Cortez.

Músicas – Mãe Preta Grupo Minhas Raízes e Aluá de autoria de Silvio M. Santos (Zekatraca)

Participação musical: As Pastoras do Asfaltão.

Preparação de dança: Cristina Pontes

Preparação de voz: Marcos Grutzmacher

Fotografia: Leonardo Valério

Assessoria de imprensa/comunicação; Eliane Vianna

Assessoria de redes sociais: Luísa Costa

Produção e direção: Chicão Santos

Classificação de Idade: 14 Anos

Fonte: Obr Notícias