Grupo apedreja ônibus de banda de arrocha após atraso para show, na BA

Ônibus da banda Sem Retoque apedrejado (Foto: Arquivo Pessoal)

O ônibus da banda Sem Retoque foi apedrejado no município de Jitaúna (Foto: Sem Retoque/Assessoria)

A banda de arrocha Sem Retoque teve o ônibus apedrejado no município de Jitaúna, distante 190 km de Salvador, na noite do domingo (3), após um atraso que causou o cancelamento de uma apresentação na região. O show estava marcado para 19h30, mas a banda só chegou à cidade depois das 22h.

Segundo a Polícia Militar, algumas pessoas que estavam entre o público da festa atacaram o coletivo. No veículo estava a equipe técnica do grupo que havia chegado mais cedo à cidade. Ninguém ficou ferido. A Polícia Militar estava no local do show e auxiliou na retirada do ônibus. Nenhum dos envolvidos foi preso.

Ônibus da banda Sem Retoque apedrejado (Foto: Sem Retoque/Assessoria)
Os faróis traseiros do ônibus foram quebrados (Foto: Sem Retoque/Assessoria)

De acordo com a assessoria da banda, outro show estava marcado no município de Itaju do Colônia, distante 127 km de Jitaúna, onde o grupo se apresentou antes.

Ao finalizar o primeiro show, os músicos se deslocaram para Jitaúna, porém, segundo a assessoria, a chuva atrapalhou o percurso até o município e fez com que o grupo se atrasasse.

A organização da festa preferiu cancelar a apresentação, pois a autorização permitia que o evento acontecesse apenas até 0h, e o público foi avisado. Um grupo discontente com o cancelamento apedrejou o ônibus que estava em uma rua nas proximidades do espaço onde aconteceria o show.

Após a ação, o veículo foi levado para uma oficina para realizar os reparos necessários. A assessoria da banda contou que o para-brisa, os vidros de janela lateral e os faróis traseiros foram quebrados. O prejuízo foi estimado em 4 mil reais, mas o grupo irá arcar com o conserto.

Banda Sem Retoque (Foto: Sem Retoque/Assessoria)
Banda Sem Retoque é comandada por Jaldo Rodrigues e Nózio Neto (Foto: Sem Retoque/Assessoria)
Do Portal G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *