Golpistas usam nome de menina da Careca TV para pedir dinheiro

Lorena, da Careca TV (Foto: Arquivo Pessoal)

Lorena, da Careca TV (Foto: Arquivo Pessoal)

Golpistas estão usando o nome da menina Lorena Reginato, de 12 anos, que ficou conhecida com seu canal na web Careca TV, para pedir doações em dinheiro. A vlogueira de Jaú (SP) que comoveu os internautas com sua história de superação de um câncer no cérebro já foi alvo de “haters”, como são chamadas as pessoas que usam a rede de computadores para disseminar mensagens de ódio e críticas sem fundamentos e até de boatos de morte.

E-mail pedia ajuda em dinheiro (Foto: Fiorella Reginatto/Arquivo Pessoal)
E-mail pedia ajuda em dinheiro (Foto: Fiorella Reginatto/Arquivo Pessoal)

A família descobriu o golpe depois que um amigo disse que recebeu um e-mail pedindo ajuda para o tratamento da menina. No e-mail, os golpistas contam brevemente a história de Lorena e pedem ajuda em dinheiro para comprar remédios, mantimentos e transporte para quimioterapia e fisioterapia.

Depois disso, a família recebeu outras mensagens e ligações de pessoas próximas que contaram a mesma história. A mãe da Lorena, Fiorella Reginato, teve acesso ao e-mail e a advogada já entrou com pedido de bloqueio da conta que está na mensagem. Um inquérito policial vai ser instaurado para apurar quem são os autores do golpe.

Ataques
A publicação de uma montagem que se tratava da morte dela gerou milhares de compartilhamentos e comoção nas redes sociais. E essa não foi a primeira vez que a menina enfrentou esses problemas na internet. O canal dela foi hackeado uma semana após a criação, quando tinha mais de um milhão de inscritos e ela recebeu muitas críticas de que estaria usando a doença para se promover.

De acordo com Fiorella Reginato, mãe de Lorena, um boato de que a menina havia sofrido uma parada cardiorrespiratória iniciou no dia 21 de junho. “A filha de uma amiga me mandou uma imagem no WhatsApp. Fizeram uma montagem terrível e falaram que ela [Lorena] tinha tido uma parada cardiorrespiratória. Ficamos sabendo disso por amigos que moram em Minas Gerais”, conta Fiorella. “’Mataram’ a minha filha e postaram tudo na internet.”

 A família foi à delegacia e elaborou um boletim de ocorrência para investigação do caso. Segundo a mãe da menina, serão tomadas providências judiciais contra o “hater” no Facebook. Em seguida, a menina gravou uma declaração aos seguidores e postou no canal Careca TV, no Youtube: “Hoje fizeram uma coisa muito chata. Fizeram uma montagem como se eu tivesse morrido, mas estou vivíssima. E apesar dela eu vou continuar viva por muito tempo ainda, se Deus quiser. Mas isso não pode ficar assim. Vou encontrar quem fez isso e processá-lo porque isso não se faz. Você acha que eu morri? Estou vivíssima aqui e quem não gosta de mim, ó aqui para você!”. Ao final da gravação, Lorena manda um beijo. (Veja o vídeo acima)

Apesar da repercussão da montagem, Fiorella conta que Lorena até brinca com o ocorrido. “Ela superou. Quando chegamos no hospital na quinta-feira, ela falou para o enfermeiro: ‘hoje você vai tirar sangue de fantasma’ (risos). Ela sempre supera”, finaliza a mãe.

Lorena gravou mensagem para Edson Celulari  (Foto: Lorena Reginato/ Arquivo Pessoal)
Lorena foi alvo de ofensas (Foto: Lorena Reginato/ Arquivo Pessoal)

Ofensas nas redes sociais
Lorena já foi ofendida por “haters”anteriormente e já teve o Careca TV invadido e hackeado. Mas a menina não se deixou abalar em nenhuma das vezes. Sua irmã criou um novo canal que conseguiu recuperar os mais de um milhão de inscritos em poucos dias. Em resposta às críticas, a menina fez uma postagem no Facebook onde mostrou mensagens de internautas dizendo que ela “mendigava” e usava a sua doença para chamar a atenção na web.

Às ofensas ela respondeu que não teve câncer “porque quis” e que já tinha tentado ter um canal de vídeo antes do tratamento. “Não fui eu que escolhi ter isso [o câncer] para mim. Antes de ter essa doença, eu também tinha um canal e tentei da mesma forma fazer com que ele desse certo. Infelizmente, como perdi os movimentos e a voz, não deu pra continuar com aquele canal.

Depois que recuperei um pouco a voz e os movimentos resolvi criar outro canal e postar um vídeo apenas dizendo o que iria falar no canal e explicando porque estava falando daquele jeito e porque eu não tinha mais cabelo”, diz o post.

Sucesso na web

A Lorena ficou famosa após criar um canal de vídeos, que sempre foi seu sonho, e contar no primeiro vídeo sobre a sua batalha contra o câncer no cérebro. Esse primeiro vídeo alcançou mais de 4 milhões de visualizações em uma semana e no mesmo período o canal já somava mais de 1 milhão de inscritos. Foi tanto sucesso que o canal chegou a ser hackeado, mas a menina conseguiu recuperar os mais de um milhão de inscritos em poucos dias.

Em entrevista ao G1 na época, a menina agradeceu toda a repercussão. “Eu passei para agradecer todas as pessoas que curtiram, compartilharam, se inscreveram, comentaram. Muito obrigada. Eu nunca imaginei que ia ter tudo isso.”

O sucesso da Careca TV rendeu até mensagens de famosos. Além disso, vários youtubers viajaram para conhecer pessoalmente a menina. Foi o caso do Leo Martins, que faz sucesso com vídeos de humor na internet, e viajou para conferir de perto quem é a menina fenômeno da rede. Ele saiu de Goiânia para encontrar a Lorena, uma viagem de 13 horas de ônibus.

Do Portal G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *