Garota que morreu em acidente voltava de festa em Cacoal junto com o melhor amigo

Caberá ao comerciante Aldemiro Gregório dos Santos, pai da jovem Talita Fonseca dos Santos, 21 anos, morta num acidente na manhã desta segunda-feira, 18, na BR 364, a 5 km de Vilhena, decidir se o corpo dela irá para Foz do Iguaçu (PR). A mãe da garota está na cidade paranaense, onde foi informada sobre o falecimento.
O próprio Aldemiro, vendedor de frutas na cidade, estava retornando para Vilhena quando, em Pontes e Lacerda (MT), foi informado por telefone sobre a perda da filha. Ao receber a notícia, ele ficou sem condições de dirigir e está aguardando amigos, que foram de carro até lá para buscá-lo.




Talita trabalhava na unidade do Atacadão em Vilhena, junto com o piloto da moto envolvida no acidente, Matheus Rodrigues. O rapaz era considerado o melhor amigo dela e continua abalado com o que aconteceu. Eles voltavam de uma festa na cidade de Cacoal.
O laudo da Polícia Rodoviária Federal sobre as causas da colisão fatal ainda não foi divulgado.

Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação