Famosos protestam contra decisão que trata homossexualidade como doença

Atores, atrizes, cantores, cantoras e apresentadoras usaram suas redes sociais para  protestar contra aa decisão polêmica da Justiça do Distrito Federal, que concedeu na tarde desta segunda-feira (18) uma liminar permitindo que psicólogos do país ofereçam terapias de “reversão sexual” a homossexuais, tratamento proibido pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) desde 1999.

Quer conhecer inúmeras novidades e ajudar o nosso site? Clique no nosso banner de publicidade abaixo




“Brasil se devastando e as autoridades preocupadas com quem queremos nos relacionar. Isso precisa acabar. Deus, cure a doença da cabeça do ser humano que não enxerga os verdadeiros problemas de uma nação. Pais, não obriguem seus filhos a procurarem cura pra uma doença que não existe, baseados neste fato político. Essa busca interminável sim pode deixa-los realmente doentes”, escreveu Anitta.

“É Brasilzão, a gente tentando ser forte, ser otimista, com inúmeras pendências que caberiam a uma administração decente resolver, e aí me resolvem dizer que homossexualidade é doença. Doentes são aqueles que acreditam nesse grande absurdo. Pessoas, pensem sobre o que é esse equívoco , absorvam a coragem e a luta dos homossexuais e apliquem às suas mofadas e inertes vidas. Tentem que vocês talvez possam ser felizes também”, protestou Ivete Sangalo.

Quer conhecer inúmeras novidades e ajudar o nosso site? Clique no nosso banner de publicidade abaixo




“Não somos doentes”, resumiu Pabllo Vittar.

“Amor é amor”, opinou Sabrina Sato.

“Dá para perceber de ‘cara’ que estamos doentes. Doentes de amor, doentes de respeito mútuo, doentes por nossa família. Somos doentes de felicidade! Nos respeitem”, falou Daniela Mercury em uma foto em que aparece ao lado da esposa, Mallu Verçosa.

“Eu estou cansada após um longo dia, mas não poderia deixar de dizer que estou preocupada com as notícias desse Brasil que a cada dia fortalece o retrocesso! O que a gente precisa é de amor, de aceitação, de afeto!”, opinou Taís Araújo.

“Indo dormir com essa imbecilidade q acabei de ler. Senhor  juiz, AMOR ??não é doença e quem precisa de tratamento é o senhor. O próprio conselho de psicologia repudiou essa medida”, lembrou Bruno Gagliasso.

Fernanda Gentil e Preta Gil, o que vocês tão tomando? Me manda por inbox que  o Thales  az a receita pra mim se precisar ! Porque deve ser só com receita! Reposta aí, gente! To tentando achar o remédio! Obs: Se não fosse o humor eu já tinha dado na cara de uma pessoa dessa”, ironizou Paulo Gustavo.

“Aí, Paulo Gustavo e Fernanda Gentil também estão doentes como eu !! Fernanda Lima e Pabllo Vittar, vocês já acharam a cura para o amor?, perguntou Preta Gil.

“Passar argila na cara é um dos tratamentos da cura gay. Se você é gay, tente também e compartilhe com a gente a sua cura! Sua pele vai ficar ótima, bicha”, riu Carol Duarte, que interpreta Ivan/Ivana em “A Força do Querer” e recentemente assumiu que namora uma mulher.