Estudante de medicina e lutador são suspeitos de matar moradora de rua, no Rio

Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro prendeu dois suspeitos da morte da moradora de rua Fernanda Rodrigues dos Santos, de 40 anos, em setembro desse ano. Segundo a Polícia Civil, os suspeitos foram presos em Copacabana, na Zona Sul do Rio, na noite desta terça (14).




A investigação apurou que os dois mataram a vítima com um tiro no peito quando ela dormia sob uma marquise na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, uma das vias mais importantes do bairro.

Fernanda dormia no local há cerca de quatro anos e costumava caminhar pelo bairro carregando seus pertences em sacolas. Um dos suspeitos é estudante de medicina e cursa o 10º período.

O outro suspeito é lutador de MMA e já realizou lutas profissionais. Na casa dele, os policiais encontraram cocaína, crack, maconha, uma balança de precisão e as roupas que ele teria usado no dia do crime.




Além da prisão por homicídio, o lutador de MMA já foi autuado também por tráfico de drogas. O G1 tenta contato com a defesa dos detidos mas, até o momento, não obteve resposta.

Por G1 Rio