Em novo vídeo, Temer volta a dizer que Olimpíada no Rio terá ‘segurança’

[yframe url=’https://www.youtube.com/watch?v=k41QH3mHn38′]

Em novo vídeo divulgado nesta segunda-feira para tratar da Olimpíada no Rio de Janeiro, o presidente em exercício Michel Temer voltou a afirmar que a capital fluminense terá “segurança”, que, segundo ele, foi “muitíssimo reforçada”. O pronunciamento foi feito 10 dias após Temer divulgar outra gravação para tranquilizar atletas e turistas sobre a Olimpíada.

“Eu volto agora para incentivar a sua vinda ao Rio de Janeiro, você brasileiro ou você estrangeiro, seja atleta ou turista. Indo ao Rio de Janeiro, você verificará que reforçarmos muitíssimo a segurança naquela cidade”, afirma Temer na gravação.

Nesta segunda-feira, mais cedo, a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto informou que o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, visitará as cidades que irão sediar eventos da Olimpíada do Rio para “vistoriar” as ações implementadas para garantir a segurança do evento esportivo, informou a assessoria do Palácio do Planalto.

Na semana passada, após um caminhão atropelar uma multidão em Nice (França) e matar mais de 80 pessoas, o governo brasileiro anunciou que revisaria as medidas planejadas para garantir a segurança dos atletas e turistas durante os Jogos Olímpicos. O objetivo do Executivo federal é identificar, antes da abertura do evento, “eventuais lacunas”.

“Você pode vir tranquilo, pode desfrutar das maravilhas da cidade maravilhosa do Rio de Janeiro, das belezas naturais e participar dos jogos, que terão repercussão internacional. Portanto, mais uma vez, venho a você para dizer que já determinei o reforço da segurança dos jogos para dar a você a tranquilidade para a visita que fará ao Brasil e ao Rio de Janeiro”, diz o presidente em exercício em trecho da gravação.

Em relação às visitas que o ministro Alexandre de Moraes fará às cidades-sede dos jogos, a decisão foi tomada durante um almoço, no Palácio do Planalto, no qual participaram, além de Alexandre de Moraes e Temer, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, e o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, almirante de esquadra Ademir Sobrinho.

 Reforço na segurança

Na última semana, ao informar que o governo iria “revisar” as medidas de segurança adotadas para os Jogos Olímpicos, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional disse que o Planalto pretendia anunciar as ações de reforço entre terça (19) e quarta-feira (20).

Etchegoyen destacou que, entre as ações cogitadas para reforçar a segurança estão instalação de mais postos de controle, mais barreiras e mais restrições no trânsito das cidades-sede.

Na avaliação do ministro do GSI, diante das dezenas de mortes na França, seria uma “monumental irresponsabilidade” do governo brasileiro não revisar as medidas de segurança para os Jogos.

Do Portal G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *