Cerca de 500 operários fazem reparos e limpeza na Vila Olímpica, no Rio

Cerca de 500 pessoas, entre operários e faxineiros, foram deslocadas nesta segunda-feira (25) para concluir reparos e fazer limpeza nos apartamentos da Vila dos Atletas, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Segundo a organização da Olimpíada Rio 2016, até quinta-feira (28) tudo deve estar solucionado.

Algumas delegações que chegaram no domingo (24) à vila encontraram vazamentos, goteiras, fios soltos e entupimentos nos banheiros. Por causa dos problemas, os atletas da Austrália se hospedaram em hotéis na Zona Oeste.

Em comunicado, a delegação do país da Oceania disse que nos prédios havia cheiro de gás, vazamento de água e defeitos na eletricidade.

Em tom de brincadeira, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, afirmou que até buscaria cangurus para fazer os australianos se sentirem em casa. A delegação respondeu que “não precisa de cangurus, e sim de encanadores”.

Nesta segunda, Paes reconheceu que o edifício onde a delegação australiana vai se hospedarera de fato o “pior prédio”, mas ressaltou que hoje a situação já está bem melhor.

“O prédio da Austrália, de fato, é o pior prédio. Há ajustes que têm de ser feitos”, afirmou Paes, acrescentando que os custos extras de hospedagem dos australianos serão cobertos pelo Comitê Organizador.

Promessa de melhora em 48 horas
Eleita prefeita da Vila, a medalhista olímpica Janeth Arcain, ex-jogadora de basquete, disse ainda no domingo que a situação seria solucionada em até 48 horas.

Cinquenta bombeiros hidráulicos e eletricistas chegaram cedo nesta segunda para fazer os consertos. A equipe da limpeza foi realocada do Maracanã. Seis técnicos da Companhia Estadual de Gás (CEG) foram enviados para vistoria nas instalações.

Até o momento, 900 pessoas de diversas delegações já estão nos prédios da Vila Olímpica. Além dos problemas nos apartamentos, a maioria das lojas do Parque Olímpico ainda não abriu.

Houve falta de energia em vários momentos, e o sinal de internet ainda não funciona. E mesmo com credencial, muitos voluntários tiveram de esperar horas na fila para poder entrar na Vila.

Além da Austrália, as delegações dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha divulgaram nota informando que também encontraram problemas, mas que acreditam que a organização vai resolver tudo até o momento do início dos Jogos.

Do Portal G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *