CCJ do Senado dá aval a reajuste salarial para ministros do Supremo

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara deu aval nesta quarta-feira (3) o projeto de lei que aumenta os salários de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) em 16,38%, dos atuais R$ 33.763 para R$ 39.293,38 a partir de 1º de janeiro de 2017.

A proposta é de autoria do próprio Supremo e já foi aprovada pela Câmara. Depois da CCJ do Senado, o texto vai para a Comissão de Assuntos Econômicos e depois ainda deve passar pelo plenário.

A elevação do teto salarial dos ministros do Supremo tem um efeito cascata sobre as remunerações de todos os magistrados federais, como do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Tribunal Superior do Trabalho (TST) e Superior Tribunal Militar (STM). Assim, o impacto total chega a R$ 717 milhões por ano.

Do Portal G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *