Bolsonaro tem melhora, e é transferido da UTI para a Semi, em SP

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo (SP), evoluiu em seu estado de saúde e recebeu alta, nesta terça-feira (11/9), da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O presidenciável, vítima de um atentado a faca durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG), na última quinta-feira (6), passa, agora, para uma unidade de cuidados semi-intensivos.

As informações constam de um novo boletim médico sobre o estado de saúde do candidato, divulgado no final da tarde desta quinta.




Segundo os médicos que assinam a nota, foi iniciada uma dieta leve para Bolsonaro, sendo verificada boa tolerância do paciente, que não apresenta náuseas ou vômitos.

“Permanece afebril, sem sinais de infecção, recebendo as medidas de prevenção de trombose venosa”, atesta o boletim.

O presidenciável sofreu o ataque no meio de uma multidão de apoiadores, quando recebeu um golpe na altura do abdômen. O acusado pelo atentado, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, alegou ter “cumprido ordem de Deus”.

O agressor foi contido e preso em flagrante. No sábado (8), o homem foi levado para um presídio de segurança máxima de Campo Grande (MS).