Atriz negra que interpreta juíza na novela das 09, sofre discriminação em loja do Rio

Assim como sua personagem Raquel, de “O Outro Lado do Paraíso”, Erika Januza já sofreu mais de uma vez discriminação racial por ser negra. Nesta semana, a atriz usou o Twitter para relatar um situação em que o racismo fez com que um vendedor de uma loja acreditasse que ela não poderia pagar por um produto.




“Hoje fui a uma loja, já havia escolhido o produto e o atendente me falou assim: ‘Viu o preço?’. E me apontou a etiqueta com o dedo. Dai eu disse: ‘Sim!’. Ele: ‘Vai querer parcelar em quantas vezes?’. Eu disse: ‘Não, será à vista mesmo’. Será que estou louca? Acho que sim…”, postou Erika Januza no microblog. Outros internautas aproveitaram para relatar situação parecidas pelas quais já passaram por serem negros. “Eu já pedi um vinho e o garçom “me alertou ” que era caro. Pedi um mais caro ainda! Ah… é pago minhas compras sempre à vista! E histórias de loja, como essa, coleciono algumas! Mas racismo é mimimi, não é, Brasil?!”, relatou uma seguidora.




Em recente entrevista no programa “Encontro cm Fátima Bernardes”, a atriz já havia relatado que passou por um dilema parecido com o de sua personagem, cuja a família do namorado não a aceitou por conta de sua cor. “Já senti na pele. Já tive alguns relacionamentos que a família não aceitou. É muito difícil porque você é julgado por uma coisa que está além de você. Eu não vou poder acordar de manhã e mudar isso. Eu sou negra e me aceite assim porque eu não vou deixar de ser e nem gostaria se pudesse”, contou Erika Januza.

Redação Vida e Estilo
Yahoo Vida e Estilo/