Após demora, médica da rede pública paga exame de idosa em clínica particular, ao se sensibilizar com o caso

Após esperar nove meses pelo diagnóstico de câncer e ser informada que um segundo exame só será realizado pela rede pública em agosto, a aposentada Mirna Terezinha Marangoni, de 73 anos, finalmente realizará o procedimento. Não pelo Sistema Único de Saúde, mas, em uma clínica particular.

Quer conhecer inúmeras novidades e ajudar o nosso site? Clique no nosso banner de publicidade abaixo




  • Idosa diz ter recebido diagnóstico de câncer 9 meses após exame em UBS de Ribeirão
  • Encaminhada com ‘urgência’, idosa deve fazer novo exame em agosto

Sensibilizada com a história da idosa, uma médica do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (SP), que não quis ser identificada, pagará todos os custos da colonoscopia – fundamental para que o tratamento seja iniciado. Mirna já foi consultada e o exame agendado para sexta-feira (14).

“É triste estar com um problema e não resolver, não ter dinheiro, e a saúde está um caos mesmo. Agradeço a todos que colaboraram comigo, que tentaram me ajudar, que ainda estão ligando para ajudar. Agradeço a todos, que Deus abençoe a todos”, diz a aposentada.

O caso da idosa ganhou repercussão na última semana, quando ela procurou o Ministério Público para reclamar que os laudos dos exames realizados em setembro do ano passado, pela rede municipal de Saúde, só foram entregues a ela no último dia 23 de junho.

Um dos documentos apontava suspeita de câncer e, durante a consulta na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Ribeirão Verde, a médica solicitou a realização de uma colonoscopia, procedimento para identificar problemas no intestino.

Apesar de ter sido destacado com “prioridade alta”, o pedido de exame só será encaminhado ao Hospital das Clínicas em agosto porque os casos de urgência são enviados via malote, uma vez por mês. Além disso, existe uma cota de 24 pedidos e, em julho, o limite já havia sido atingido.

Quer conhecer inúmeras novidades e ajudar o nosso site? Clique no nosso banner de publicidade abaixo




“Tem que fazer urgente, o mais rápido possível para iniciar o tratamento. Nossa, estou muito feliz de ter conseguido, estou muito feliz mesmo. Vou conseguir, vai dar certo”, afirma a aposentada.

Colonoscopia de Mirna Terezinha Marangoni foi marcada para sexta-feira (14) em Ribeirão Preto (Foto: Reprodução/EPTV)

Colonoscopia de Mirna Terezinha Marangoni foi marcada para sexta-feira (14) em Ribeirão Preto (Foto: Reprodução/EPTV)

Demora

Mirna passou por uma consulta em 31 de agosto de 2016 e, na ocasião, foram solicitados alguns exames, feitos cinco dias depois.

Um dos laudos, segundo a Prefeitura de Ribeirão Preto, ficou disponível no dia seguinte, em 6 de setembro, com resultado positivo. Porém, a UBS alega não ter sido informada da alteração pelo laboratório responsável.

A consulta de retorno foi marcada para 21 de fevereiro, quando a paciente seria informada sobre os resultados dos exames. Entretanto, segundo a gerente da UBS, a médica Carmen Silvia Ortigoso Francisco, Mirna não compareceu.

A consulta foi remarcada para 23 de junho, quando Mirna descobriu o diagnóstico de câncer. Com o resultado em mãos, a idosa ainda enfrentou outro impasse: o de realizar a colonoscopia, que não é feita nas unidades de saúde ligadas à Prefeitura.

A Secretaria da Saúde de Ribeirão Preto informou que pediu a realização do procedimento ao Hospital das Clínicas com urgência. Porém, os pedidos desse tipo são encaminhados uma vez por mês por malote e o de julho já havia sido enviado.

Quer conhecer inúmeras novidades e ajudar o nosso site? Clique no nosso banner de publicidade abaixo




Ao Jornal da EPTV, o Hospital das Clínicas disse que assim que receber o pedido, incluirá a aposentada na fila de pacientes que também aguardam o exame. A previsão era de o exame ser feito em agosto.

Fachada da Unidade Básica de Saúde no bairro Ribeirão Verde em Ribeirão Preto (Foto: Sérgio Oliveira/EPTV)

Fachada da Unidade Básica de Saúde no bairro Ribeirão Verde em Ribeirão Preto (Foto: Sérgio Oliveira/EPTV)

Do Portal G1